AZEITE DE OLIVA EXTRAVIRGEM - ORGÂNICO E BIODINÂMICO

Com uma longa história que extende-se desde as civilizações antigas, o azeite de oliva é um alimento básico na dieta dos povos mediterrâneos, assim como tem sido, durante séculos, parte importante na rotina das pessoas mais saudáveis e longevas do mundo, a exemplo daquelas que vivem nas zonas azuis, como Sardenha, na Itália, Icária, na Grécia, Okinawa, no Japão, Nicoya, na Costa Rica, e Loma Linda, na Califórnia.

O azeite de oliva extravirgem orgânico e biodinâmico Verde Oliva é produzido a partir do fruto da oliveira (a azeitona), um alimento naturalmente rico em ácidos gráxos saudáveis e polifenóis (antioxidantes). Existem várias opções de azeite de oliva no mercado atualmente, porém é preciso ter bastante critério no momento de fazer uma escolha, de modo que todo seu potencial benéfico vastamente conhecido possa, de fato, ser obtido.

O azeite de oliva é composto principalmente por ácidos graxos monoinsaturados, sendo o mais importante o ácido oleico (ômega-9). Esse ácido graxo (também encontrado em altos teores no abacate) é extremamente saudável ao coração e a todo sistema cardiovascular, além de oferecer diversos outros benefícios. O azeite de oliva extravirgem é riquíssimo em compostos antioxidantes, especialmente em seu estado fresco. Quando usado corretamente, é um dos melhores alimentos que podemos incluir em nossa dieta.

Pesquisas demonstram que ele pode: diminuir os marcadores de inflamação, incluindo a proteína C-reativa (sobretudo pelo seu conteúdo de ácido oleico); aumentar a capacidade antioxidante do organismo, o que ajuda a combater o excesso de radicais livres; reduzir o risco de doenças neurodegenerativas e certos tipos de câncer; e potencializar a saúde do coração – via otimização da função endotelial, regulação da pressão arterial, redução da agregação plaquetária, etc. Experimente agora mesmo o azeite extravirgem biodinâmico Verde Oliva e surpreenda-se com tamanha qualidade!

Apresentação: garrafa de 250ml


CARACTERÍSTICAS DE DESTAQUE + TABELA NUTRICIONAL

INGREDIENTE

Azeite de oliva extravirgem. NÃO CONTÉM GLÚTEN.


Obs.: azeite proveniente da safra 2018 (que ocorreu entre 22/01 e 23/02). Caso deseje ver a descrição do processo de fabricação desse produto (da colheita à garrafa) nas palavras da própria Verde Oliva clique aqui.

O azeite extravirgem biodinâmico Verde Oliva é envazado em garrafa de vidro totalmente envelopada de preto, é prensado a frio e apresenta acidez de 0,1%. Obtido de azeitonas produzidas biodinamicamente*, é elaborado no lagar Verde Oliva, em Delfim Moreira (MG).

*O processo é certificado orgânico e biodinâmico (Demeter) pelo IBD.


 

RECOMENDAÇÕES QUANTO AO USO

Tenha cuidado especial para não submeter o seu azeite a altas temperaturas, uma vez que isso poderia resultar em danos oxidativos indesejáveis. A estrutura química e a boa quantidade de ácidos graxos insaturadas do azeite de oliva certamente são o motivo de tal advertência. É bem verdade que os antioxidantes de sua composição podem fazer o papel de protegê-lo da degradação precipitada pelo calor, por isso sua utilização em refogados provavelmente não seria capaz de torná-lo prejudicial.

Tenha em mente, no entanto, que mesmo não desestruturando a química do óleo (o que o tornaria nocivo), o calor, no mínimo, reduziria o teor de antioxidantes disponíveis. Em nossa visão, isso por si já seria uma desvantagem, por isso estimulamos o uso do azeite somente em pratos "frios". Em adição, os estudos não mostram uma definição clara sobre qual seria a temperatura máxima incapaz de provocar mudanças em sua estrutura.

Outras recomendações relevantes: sempre que terminar de usar, tampar imediatamente; após aberto não demore mais do que dois meses para consumir o conteúdo completo da embalagem. Lembre-se de que quanto menos ar, calor, luz e tempo estiverem na jogada melhor será a qualidade do seu azeite. Por isso armazená-lo em local protegido da luz e do calor é igualmente importante. Conosco você adquirirá um produto com a maioria de suas características originais preservadas. É importante que você tenha grande zelo com ele após a sua compra para que essa vantagem se mantenha. Daí é só apreciar o seu azeite – sua saúde e seu paladar agradecerão.

POR QUE ESCOLHER O AZEITE EXTRAVIRGEM VERDE OLIVA?

Dentre os requisitos básicos para a aquisição de um azeite extravirgem de qualidade estão: o produto precisa ser especificado extravirgem; o produto precisa estar em embalagem de vidro escura (o que minimiza a perda de polifenóis); o produto precisa ser prensado a frio; o produto não pode estar misturado com outros tipos de óleos, muito menos determinados óleos de baixíssima qualidade; e o produto deve estar fresco.

Por isso quando se trata de azeite extravirgem nunca vale a pena querer economizar a todo custo, existem vários detalhes que fazem a diferença e isso pode ser um fator decisivo em sua caminhada rumo a uma saúde otimizada. Em vez disso, preze sempre pela qualidade. Detentora de certificação orgânica e biodinâmica, e de uma transparência perceptível, a Verde Oliva demonstra grande diferencial e uma forte preocupação com a excelência na qualidade de seus produtos. Ao mesmo tempo ela cuida do nosso planeta.

É importante notar que o período de colheita na Fazenda Verde Oliva acontece todo ano, entre os meses de fevereiro e março (período aproximado que pode apresentar pequenas oscilações). Posteriormente existe um período de decantação do produto, que dura cerca de trinte dias (esse processo é necessário para eliminar qualquer possibilidade de que resíduos sejam transferidos às garrafas na etapa de envazamento).

A colheita anual é muito importante, pois o azeite é rico em antioxidantes, e quanto mais velho for esse azeite menos desses compostos tão importantes estarão presentes. Até por isso optamos por incluir em nosso catálogo um produto 100% nacional, pois dessa maneira a chegada de um alimento fresco às suas mãos é praticamente garantida.

E mais, como o Fazenda Verde Oliva é localizada no Brasil, mais especificamente em Minas Gerais, você poderá visitá-la caso desejar (a empresa oferece essa possibilidade). Dessa forma você pode criar uma conexão maior com o produto adquirido, bem como aumentar a sua confiabilidade no mesmo. Agende já a sua visita (você pode fazer isso através do site da Verde Oliva, o fazendaverdeoliva.com.br).

Azeite procedente de agricultura biodinâmica

A qualidade de um alimento é fortemente influenciada pela forma na qual ele foi cultivado. A agricultura biodinâmica é uma abordagem espiritual-ética-ecológica, desenvolvida por Rudolf Steiner, na década de 1920. Ela é capaz de proporcionar colheitas muito superiores às convencionais e ao mesmo tempo preservar a saúde do solo e do ecossistema, isso tudo de modo mais eficiente que o método orgânico sozinho.

Na abordagem biodinâmica uma fazenda é vista como um organismo vivo, onde o solo, as plantações e os animais são todos um único sistema. Nela, todo o local de produção é um organismo auto-sustentável, que segue os ciclos da natureza, que é capaz de originar sua própria saúde e vitalidade a partir da dinâmica viva existente dentro de sua área.

O padrão orgânico é a base do padrão Demeter (cujo selo você vai encontrar no rótulo desse produto). No padrão Demeter já está incluso o padrão orgânico. Mas ele vai além, levando em conta a ideia de que tudo nele é um sistema único, onde soluções para doenças e pragas e controle de ervas daninhas vêm do próprio sistema agrícola. Podemos dizer que ele está um degrau acima do orgânico.

A Demeter é uma agência global de certificação biodinâmica formada no ano de 1928 na Alemanha. Trata-se da mais antiga organização de certificação ecológica do mundo.

AS DIERENÇAS ENTRE O PADRÃO BIODINÂMICO E O ORGÂNICO

Pelo descrito até aqui, você talvez até já tenha entendido, pelo menos parcialmente, essa diferença. De qualquer modo, informação nunca é demais. Em uma matéria publicada em 22 de junho de 2018, no Diário Zona Norte, evidenciando a participação da Fazenda Verde Oliva em uma feira conjunta voltada para o setor de alimentos orgânicos e saudáveis, existe um trecho falando sobre a diferença entre as denominações:

"Biodinâmico x Orgânico === Tem diferença? Sim, tem. Todo produtor biodinâmico é orgânico, porém nem todo produtor orgânico é biodinâmico. O método biodinâmico na prática agrícola, além de não utilizar agrotóxicos ou adubos químicos (como o orgânico), usa preparados feitos a base de plantas medicinais, sílica e esterco – aplicados de forma homeopática. Também são observados os ritmos astronômicos no manejo agrícola. As sementes também não recebem nenhum tipo de tratamento."

Você pode acompanhar aqui a matéria na íntegra, que também traz outras informações importantes sobre determinados fatores envolvidos na produção dos azeites Verde Oliva. A Fazenda Verde Oliva fabrica o azeite orgânico e o biodinâmico. Trazemos até você o azeite biodinâmico, já que apoiamos sem hesito o crescimento desse tipo de metodologia. Sabemos que isso só beneficiará a saúde do planeta e também a nossa.

Em suma, a agricultura biodinâmica é melhor que a orgânica, uma vez que ela aplica todos os princípios da orgânica com a agregação de práticas que permitem uma interação muito maior entre aquilo que está sendo produzido e aquilo que faz parte da mãe natureza, sem interferências externas. Como já mencionado, o padrão orgânico é a base do padrão Demeter. Se uma fazenda possui certificação Demeter, automaticamente ela já atenderá ao padrão orgânico, mesmo que não seja certificada orgânica.

Por exemplo, o azeite biodinâmico Verde Oliva possui os dois selos de certificação, tanto o Demeter quanto o Orgânico Brasil, mas se por acaso tivesse apenas o Demeter, a qualidade do produto, bem como as práticas utilizadas durante todo o processo de produção de sua matéria-prima seriam exatamente as mesmas – isto é, tão boas quanto.

Simplificando o entendimento

O conceito de orgânico é mais sobre o que o produtor não faz. No conceito de orgânico, o produtor não utiliza fertilizantes sintéticos ou pesticidas. Ele também não usa sementes de organismos geneticamente modificados (OGMs). Ele não utiliza lodo de esgoto na fazenda, ele não expôe à irradiação aquilo que está sendo produzido, etc.

O conceito de biodinâmico, por sua vez, possui as mesmas obrigações, porém oferece um "toque" a mais no que se refere à rigorosidade aplicada em toda a cadeia produtiva. Como já mencionado, o produtor biodinâmico tem de buscar recursos dentro da própria área de produção para manter o andamento do ciclo, assim como a vitalidade dos alimentos – fato que caracteriza-se como uma verdadeira auto-sustentabilidade.

Na produção orgânica muito do aplicado na biodinâmica não precisa necessariamente ser seguido. Por exemplo, enquanto o produtor orgânico pode comprar comida orgânica para o gado e/ou trazer de fora fertilizantes orgânicos para a fazenda, o biodinâmico obtém tudo o que precisa de sua própria fazenda. A intenção no conceito biodinâmico é permitir que a integridade dos ingredientes agrícolas defina o produto final, para que assim possa-se obter alto teor de ingredientes biodinâmicos com o mínimo de processamento.

Perspectivas futuras

O padrão Demeter é sem dúvida uma tendência para o futuro, e o produtor que não se adequar a ele certamente ficará para trás em determinado momento. Resta-nos saber em quanto tempo ocorrerá todo o processo. Provavelmente não tão rápido, uma vez que só recentemente essa abordagem teve um reconhecimento mais acentuado, pelo menos aqui no Brasil. Nosso país, particularmente, está engatinhando quando se trata do assunto, ainda que esteja evoluindo. Mas é importante ressaltar: a maior valorização dessa abordagem é que é recente, pois ela em si é bastante antiga.

NOTA

Em um de nossos artigos mostramos o problema sério que infelizmente rodeia o setor de azeites pelo mundo. De fato, é um texto que pode desapontar alguns consumidores, todavia é importante estar ciente da realidade. Não deixe de ler esse artigo (clique aqui para ler). Nele certamente você conseguirá despertar o consumidor mais exigente e "desconfiado" que existe dentro de você.

Nós, da Body Food, fazemos questão de lembrar que, antes de vender, somos consumidores como você. Buscamos sempre por produtos de alta qualidade e fidedignidade, de empresas transparentes e sérias. Em nosso entendimento, a Fazenda Verde Oliva é uma empresa de credibilidade que realiza um trabalho muito sério, por isso incluímos seu azeite extravirgem em nosso catálogo. Sabemos o quanto um alimento como o azeite de oliva, em sua versão autêntica, pode fazer a diferença na saúde humana.

 

ESTUDOS E/OU TRABALHOS ACADÊMICOS RELACIONADOS AO AZEITE DE OLIVA:
[1] Marta Guasch-Ferré, Frank B Hu, Miguel A Martínez-González, Montserrat Fitó, Mònica Bulló, Ramon Estruch, Emilio Ros, Dolores Corella, Javier Recondo, Enrique Gómez-Gracia, Miquel Fiol, José Lapetra, Lluís Serra-Majem, Miguel A Muñoz, Xavier Pintó, Rosa M Lamuela-Raventós, Josep Basora, Pilar Buil-Cosiales, José V Sorlí, Valentina Ruiz-Gutiérrez, J Alfredo Martínez, and Jordi Salas-Salvadó. Olive oil intake and risk of cardiovascular disease and mortality in the PREDIMED Study. BMC Med. 2014; 12: 78. [Link] [Link]
[2] Galvão Cândido F, Xavier Valente F, da Silva LE, Gonçalves Leão Coelho O, Gouveia Peluzio MDC, Gonçalves Alfenas RC. Consumption of extra virgin olive oil improves body composition and blood pressure in women with excess body fat: a randomized, double-blinded, placebo-controlled clinical trial. Eur J Nutr. 2018 Oct;57(7):2445-2455. [Link] [Link]
[3] Monika Gorzynik-Debicka, Paulina Przychodzen, Francesco Cappello, Alicja Kuban-Jankowska, Antonella Marino Gammazza, Narcyz Knap, Michal Wozniak, and Magdalena Gorska-Ponikowska. Potential Health Benefits of Olive Oil and Plant Polyphenols. Int J Mol Sci. 2018 Mar; 19(3): 686. [Link] [Link]
[4] L Schwingshackl, A-M Lampousi, M P Portillo, D Romaguera, G Hoffmann, and H Boeing. Olive oil in the prevention and management of type 2 diabetes mellitus: a systematic review and meta-analysis of cohort studies and intervention trials. Nutr Diabetes. 2017 Apr; 7(4): e262. [Link] [Link]
[5] Casas R, Estruch R, Sacanella E. The Protective Effects of Extra Virgin Olive Oil on Immune-mediated Inflammatory Responses. Endocr Metab Immune Disord Drug Targets. 2018;18(1):23-35. [Link] [Link]
[6] García-Gavilán JF, Bulló M, Canudas S, Martínez-González MA, Estruch R, Giardina S, Fitó M, Corella D, Ros E, Salas-Salvadó J. Extra virgin olive oil consumption reduces the risk of osteoporotic fractures in the PREDIMED trial. Clin Nutr. 2018 Feb;37(1):329-335. [Link] [Link]
[7] Viola P, Viola M. Virgin olive oil as a fundamental nutritional component and skin protector. Clin Dermatol. 2009 Mar-Apr;27(2):159-65. [Link] [Link]
 
Voltar